Benjoim Puro 20g

Benjoim Puro 20g

Regular price
€2,95 EUR
Sale price
€2,95 EUR
Regular price
Sold out
Unit price
per 
Tax included.

Aumenta a espiritualidade, amplamente utilizado em exorcismos e rituais de purificação, entre outras..

A resina Benjoim, conhecido como “bálsamo de monge” (principal ingrediente de um expectorante criado por monges), é usado em defumações desde tempos antigos. Monges tibetanos, civilizações indianas e povos árabes utilizaram amplamente o Benjoim, que já circulava por toda a Ásia antes de chegar a Europa e posteriormente ao Brasil. O Benjoim, também chamado Benjoim de Sião ou Sumatra, é uma grande árvore perene selvagem, nativa do sudeste da Ásia, pertencente à família Styracaceae. O benjoeiro, árvore da qual é extraída a resina que produz o óleo essencial e o incenso de Benjoim, é uma poderosa e majestosa planta, que pode atingir mais de 30 metros de altura. É originária da Sumatra, na actual Indonésia.

A resina é colectada a partir de cortes na casca da árvore. Quando é cortada pela primeira vez, o Benjoim é colectado como uma substância branca leitosa, mas como é exposta ao ar e à luz do sol, a resina solidifica. Liberta um odor doce e de levemente baunilha. O seu poder sagrado e desinfectante é comemorado desde a Antiguidade. Da caravana dos Reis Magos, o Benjoim continua a ser um aliado para a destruição de cheiros sujos e a diluição do pensamento negativo.

Como a sua resina queima por bastante tempo e o agradável aroma permanece no ambiente por longos períodos de tempo, este sempre foi incorporado em cerimónias religiosas. Rituais budistas e hinduístas utilizam a ervas há séculos, talvez milénios. Religiões ocidentais também abraçaram o Benjoim, além de culturas afro-brasileiras: o Benjoim é um dos preferidos em terreiros e centros de Umbanda no Brasil.

O uso terapêutico do incenso de Benjoim tem vários benefícios. É, principalmente, um libertador de energias negativas presas no ambiente. Também potencializa a força da mente e do querer humanos. Por isso, o incenso de Benjoim é amplamente usado por povos tradicionais em rituais de quebra de feitiços.

A força da alegria e da prosperidade também são atraídas pelo aroma amadeirado com suaves toques de floral e baunilha do incenso de Benjoim, sempre muito agradável e consistente.

O Benjoim é mais conhecido na parte medicinal e farmacológica. Ainda hoje, na forma de uma tintura, o Benjoim é inalado com vapor para alívio de catarro, laringite, bronquite e distúrbios do trato respiratório superior. resina de Benjoim alivia tensões nervosas e dores de cabeça e, assim, facilita a concentração intelectual. É justo que tenha sido considerado como um purificador da atmosfera circundante. Remove odores abafados e, do ponto de vista mental, prepara o terreno para descobertas baseadas em ideias claras e positivas.

No nível psíquico, é relaxante, tranquilizador e ansiolítico.

Na aromaterapia energética, o benzoína resinóide está associada ao chakra da garganta ou Vishuddhi.
Benjoim resinóide controla emoções excessivas e traz calma. Isso ajuda a se expressar melhor e a recuperar a confiança, para alem que alivia a tensão.

Como usar a resina Benjoim
Para beneficiar das propriedades do Benjoim na purificação dos seus cristais e da sua casa, precisará de carvão litúrgico ou vegetal. O objectivo do carvão é permitir que a resina Benjoim seja queimada continuamente e com segurança na mesma proporção. Depois de acender o carvão em um incensário à prova de fogo, deixe-o queimar até que ele comece a ficar branco. Em seguida, coloque apenas alguns grãos de resina Mirra em cima do carvão. Apenas um carvão chega.

Mergulhe os seus cristais ou jóias de cristal no fumo que sai da resina. Isso purifica a energia dos cristais. Você também pode limpar a energia do seu espaço com Mirra.

Devido as estes troços de resina serem grandes, poderá partir em pedaços mais pequenos para queimar ou então deixar apenas 1 a 2 minutos em cima do carvão e retirar, deixar queimar e voltar a colocar. Se deixar de uma vez um troço tão grande, vai “abafar” o carvão e deixar de deitar fumo